Os tipos de depilação

depilacao com laminaPara quem acha que depilação é coisa moderna, pode se surpreender ao descobrir que retirar do corpo pelos indesejáveis é uma prática que data de 1500 (a.c.), época em que, com uma pasta composta do sangue de diversos animais, gordura de hipopótamo, carcaça de tartaruga e trissulfeto de antimônio, os homem já faziam o que atualmente chamamos de depilação.

Um pouco mais recente, mas tampouco perto dos dias atuais, Cleópatra, a rainha mais famosa do antigo Egito, também era uma adepta da prática. E o mais curioso de tudo é que ela retirava seus pelos com uma técnica que ainda é utilizada atualmente, a cera quente.

O fato é que, seja por motivos de higiene ou de estética, a depilação está ganhando cada vez mais espaço. E hoje em dia não são só as mulheres que se incomodam com pelos no corpo, muitos homens vem aderindo ao hábito e já existem até locais especializados em atender a esse público. As regiões mais comuns no homem são as costas, as pernas, o peito, a barriga, o nariz, as sobrancelhas e as orelhas. Já as mulheres, arrancam os pelos de quase todos os lugares do corpo.

Depilação com lâmina

Existem muitas maneiras de se fazer a depilação. A lâmina de barbear é um dos métodos mais utilizados, mas também um dos menos eficientes.

depilacao com gilete

Mesmo diante da praticidade de ser uma maneira rápida de depilar, que pode ser feita pela própria pessoa, o resultado é que dentro de poucos dias os pelos já voltam a crescer. Além disso, é preciso ter alguns cuidados para depilar-se com a lâmina de barbear, como por exemplo, passá-la no sentido em que o pelo cresce, já que sua ação é pode não só cortar, como irritar a pele. Por isso, cuidado.

Depilação com cremes e loções

O método com cremes e loções é uma técnica que vem ganhando espaço nos últimos tempos e também pode ser feita em casa e pela própria pessoa. Nesse caso, basta aplicar os produtos sobre a pele e eles basicamente dissolvem o pelo.

Mas para utilizar esse método é muito importante estar atenta à reações alérgicas, que são muito comuns nesses casos. Mais além, alguns produtos podem até retirar a umidade natural da pele, deixando-a áspera e seca.

Um detalhe importante é que este tipo não interrompe o crescimento dos pelos, por isso, eles rapidamente estão cumpridos novamente, assim como, frequentemente, acabam crescendo mais fortes e duros.

Depilação com ceradepilacao-cera

Uma das opções mais usadas no Brasil é a cera, que pode ser quente ou fria e de várias composições. A pasta é aplicada sobre a pele e puxada com força, com a ajuda de um papel, um pano, um plástico ou mesmo com a mão, o que acaba não sendo um método muito indolor, já que o pelo é então retirado pela raiz.

A cera quente é mais vantajosa que a fria, já que a temperatura ajuda na abertura dos poros e os pelos são retirados mais facilmente. Mas é bom ficar esperta, porque este tipo de cera ajuda no aparecimento de varizes (e até derrames).
E tenha cuidado na hora de comprar a cera e procure a mais adequada à área que será depilada. Existem ceras específicas para pelos mais finos como os dos braços e corpo, e para pelos mais grossos como os da virilha, axilas e pernas. A cera proporciona um efeito mais duradouro e a sensação de pele lisinha fica por mais tempo!

Depilação a laserdepilacao a laser

Mas alguns métodos prometem a definitiva, como é o caso da depilação a laser. Nessa técnica, é aplicado o feixe de luz na área a ser depilada que atinge o pelo e gera uma energia aquecida que o destrói.

O método é então realizado em sessões mensais, que podem variar de cinco a doze. E os resultados são mais que significativos, já que cerca de 80% dos pelos param de crescer e os outros 20% crescem mais distantes uns dos outros (além de mais finos). Os métodos mais utilizados são luz intensa pulsada, laser de diodo, Alexandrita e Nd Yag.

Depilação íntima

Está cada vez mais popular, principalmente no Brasil, a depilação íntima, que é a cavadíssima, aquela que remove quase todos (ou todos) os pelos da região intima. Se você optar por esse tipo, tome muito cuidado na escolha do lugar onde ira fazê-la, já que a área e tremendamente suscetível a infecções e é preciso muita higiene.

Uma curiosidade é que este tipo chegou a ser proibida em Nova Jersey, nos Estados Unidos, depois que duas mulheres foram internadas com infecção, contraída no processo depilatório. Entre as americanas, esse tipo de depilação é conhecido como “Brazilian wax” (em português, depilação brasileira).

depilacao intima

E essa mudança parece ser mesmo um sinal dos tempos, já que depilação íntima é parte de uma tendência de retirada cada vez maior desses pelos. Na década de 80 eles eram abundantes e foram reduzidos a apena suma faixa na década de 90 e hoje em dia, estão quase em extinção.

One thought on “Os tipos de depilação”

  1. sou depiladora a mais de 15 anos e nehuma das minhas clientes nunca tiveram qualquer tipo de problemas relacionado a depilaçao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Consulte o saldo do FGTS http://saldofgts.net.br
Tudo sobre a Nota Fiscal Paulista http://www.paulistanotafiscal.com.br/
Portal de carros no brasil http://www.carrosnobrasil.net