Instalação e manutenção de ar condicionado

Em um país tropical como o Brasil, falar em verão e calor, definitivamente, não é assunto para

apenas três meses por ano, já que, na grande maioria do território, calor e verão são a única

estação que dura os 365 dias do ano. Por isso não é novidade que o ar condicionado Split seja

um dos eletrodomésticos mais vendidos do país.

Mas será que você está fazendo tudo direitinho na hora de comprar o melhor aparelho,

mantê-lo em perfeito estado ou até escolher mesmo um Split no lugar do ar-condicionado

tradicional?

Em primeiro lugar é bom lembrar que a grande diferença do Split para o “antigo” ar-

condicionado não diz respeito a potência nem economia, mas sim, simplesmente, pela sua

facilidade de instalação e ruído. Para começo de conversa, o nome vem exatamente do inglês,

de dividir (split) o aparelho em dois, um condensador e um vaporizador, sendo que o segundo

retira o ar quente do ambiente leva até o primeiro, que o joga fora, puxa mais ar, o gela e

manda para o segundo, que faz então que tudo fique geladinho. Tudo isso por meio de dois

pequenos canos de cobre que podem ser facilmente escondidos, portanto nada de fios

pendurados e expostos.

A facilidade de instalação vem por meio de apenas um pequeno buraco na parede, por onde

passa esse “encanamento” e dois suportes, um para o lado de dentro, geralmente fixado ao

teto, e um outro para o condensador do lado de fora do prédio (casa, sala etc.). O lado

silencioso vem tanto por esse motor externo, que seria responsável pelo ruído, ficar do lado de

fora quanto por qualquer barulho da rua, dificilmente, entrar, já que o orifício dos canos é

mínimo e preciso.

Ainda para quem precisa gelar mais de um ambiente, também já existem aparelhos que

aceitam mais de um evaporador ligado a um único condensador, o que encarece o produto,

mas possibilita que um único aparelho sustente uma casa inteira, o que facilita muito na hora

da manutenção.

E falando em manutenção, ela é um dos fatores que fazem com que o ar-condicionado

funcione em perfeito estado dentro daquilo que é esperado, mas não é só isso, primeiro é

preciso escolher o melhor modelo.

 

Cuidados na instalação

É lógico também que depois de escolher o ar-condicionado mais certo é necessário que ele

seja muito bem instalado, e isso, mesmo tendo que ser feito por um profissional treinado, se

mostra imprescindível que certos cuidados continuem sendo tomados.

De cara, ainda que pareça óbvio, do lado de dentro de sua sala ou quarto o evaporador não

pode ter nada em sua frente, por isso, nada de esconder o aparelho, já que sua função, além

de “cuspir” o ar gelado é sugar de dentro da sala o quente. E quando algo impede esse fluxo de

ar livre, o resultado e não só um mau funcionamento como também um provável problema

com o Split, forçando o motor e diminuindo a sua vida-útil.

Já do lado da saúde, é importante posicionar o evaporador de modo a não apontar

diretamente para os moradores da casa, principalmente quando estiverem em quartos ou

escritórios. Nesse caso, o ar gelado (direto) pode causar pneumonias e mais um monte de

doenças respiratórias.

Por outro lado, fora do cômodo, o condensador, já que geralmente só sofre a influência do

profissional (sem questões de “posição estética”), acaba tendo muito menos problemas. Além

de uma fixação correta, é óbvio também que nada pode ficar em sua frente e impedir o fluxo

de ar, mas também é importante deixar a maquina longe de frestas e janelas, o que poderá

deixar o ruído entrar para o ambiente interno.

É importante ainda que o aparelho fique bem nivelado para não ocorrer vazamentos nem

impedir que a água escoe do jeito natural. Por fim, cada Split vem com certas indicações do

fabricante que, obviamente, precisam ser respeitadas, como as distâncias entre os dois

mecanismos e ainda a bitola dos canos e dos cabos de força.

Dia-a- dia e Manutenção

E quando a questão é manter o Split em funcionamento perfeito e aproveitar toda sua vida-

útil, uma manutenção perfeita é a primeira coisa a se fazer. Um cuidado que pode ser feito

tanto pelo morador da casa quanto por especialistas, pois tanto a limpeza do dia-a- dia, quanto

alguns detalhes mais profundos, são o primeiro passo para ter sempre o clima desejado.

A primeira coisa a se fazer é manter os filtros sempre limpos, com isso não só mantendo o ar

mais puro, como ainda não forçando o motor do ar-condicionado. É interessante que o filtro

seja retirado e lavado uma vez por mês, sem esquecer de secá-lo bem antes de coloca-lo de

volta do aparelho. Uma ação fácil e que pode ser feita por qualquer um, principalmente, pois a

grande maioria dos aparelhos traz um esquema de como ser feita essa limpeza na própria

tampa do ar-condicionado.

Toda parte interna do evaporador ainda pode ser limpa com um pano seco, um espanador ou

até um aspirador, caso a sujeira se acumule demais. Em caso de aparelhos que contem com

carvão ativador ou filtro Hepa, é interessante que eles sejam trocados dentro de um período

de quatro a cinco meses.

Já o condensador, tanto por se tratar de um maquinário um tanto quanto mais complicado

quanto por, geralmente, se encontrar fora do prédio (casa ou escritório), muitas vezes em

alturas perigosas, o melhor mesmo é contratar um profissional. A média de mão-de- obra no

mercado fica em R$150,00, sendo que os produtos especiais podem chegar a até R$180,00.

Resumindo, para ter o clima gostoso, independente do calor do lado de fora, é preciso

escolher bem o seu Split e ter uma série de cuidados que garantam todo conforto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Consulte o saldo do FGTS http://saldofgts.net.br
Tudo sobre a Nota Fiscal Paulista http://www.paulistanotafiscal.com.br/
Portal de carros no brasil http://www.carrosnobrasil.net