Natal

Trocar presentes, jantar em família e exercitar a caridade. O Natal é uma data que nos remete ao amor pelo próximo e a valorização daqueles que amamos. Mas, apesar de ter sido muito distorcida nos últimos anos, ganhando um apelo muito mais comercial, a comemoração que acontece no dia 25 de dezembro é essencialmente religiosa.

Os cristãos, como os católicos e os evangélicos, acreditam que este foi o dia do nascimento de Jesus Cristo, que, segundo essas crenças, é o filho de Deus. Por isso esse é um dia de celebrar a vida. O nascimento. Os presentes então remetem aos itens que foram oferecidos ao menino Jesus pelos três reis magos.

natal-presepio-tres-reis-magos

Já nos países eslavos e ortodoxos a festa tem a mesma motivação, porém acontece no dia sete de janeiros, já que seus calendários eram baseados no Calendário Juliano.

Outras religiões

Mas os cristãos não são os únicos que celebram a data, mesmo que com diferentes motivações.

natal-presepio-chanuka

Os judeus celebram nesta data o Chanuká (ou a Festa das Luzes), que lembra a reconquista pelo povo judeu do Grande Templo de Jerusalém, após um longo período de guerra. Segundo a crença judaica, o local estava repleto de imagens pagãs e contaminado por costumes profanos e foi preciso purificar o ambiente com diversas luzes acesas. Por este motivo, o principal símbolo da festa, que dura oito dias, é um famoso candelabro, chamado de menorá.

Já os umbandistas também acreditam que o dia 25 de dezembro é uma data especial, pois associam Cristo a Oxalá, uma entidade que, de acordo com os ensinamentos da religião, comanda todas as forças naturais do planeta. Por isso, o seu nascimento é uma data importante.

O hinduísmo reserva o dia 25 de dezembro para a Festa das Luzes, que nada tem a ver com a judaica. Aqui, eles reconhecem Cristo como um avatar, que seria a encarnação de Vishnu, uma poderosa entidade segundo suas crenças. A data significa para eles o nascimento da luz que venceu a escuridão.

natal-presepio-presente

Quem não celebra?

Pelo lado de quem não celebra a data, os islâmicos reconhecem Jesus como um profeta, porém, para eles, o grande profeta foi Maomé, por isso, não realizam nenhum tipo de celebração no dia 25 de dezembro.

natal-presepio-islamismo

Já aqueles que são Testemunhas de Jeová, acreditam em Cristo e reconhecem a data como o dia de seu nascimento. Porém, por acreditarem que festas de aniversário são um costume pagão, não se reúnem e nem comemoram o dia.

Outras religiões, como o budismo, praticado principalmente nos países orientais, e o xintoísmo (religião típica do Japão), nem sequer mencionam a existência de Jesus Cristo em seus ensinamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Consulte o saldo do FGTS http://saldofgts.net.br
Tudo sobre a Nota Fiscal Paulista http://www.paulistanotafiscal.com.br/
Portal de carros no brasil http://www.carrosnobrasil.net