RPG Online

Popular em todos os cantos do mundo, os RPGs vão sempre ganhar legiões de fãs a cada ano que passa, e se todo esse sucesso já acontecia sem a grande rede de computadores, o surgimento do RPG online só garantiu mais ainda que esse jogo não encontrasse limites geográficos.

Mas para quem não sabe do que se trata, os RPGs (sigla de Role Playing Game) são um tipo de jogo que nasceu no começo dos anos 70 derivado de um simples jogo de batalhas (tipo War), onde um dos participantes resolveu descrever as ações específicas de um pequeno grupo de soldados para entrar em uma fortaleza, e não todo um batalhão genérico. Em pouco então surgiu o famoso “Dungeons & Dragons”, com suas regras específicas, o usos das fichas dos personagens, dos dados e de um cenário próprio.

Por definição, o RPG então é um jogo colaborativo onde cada participante surge como um personagem específico nessa aventura passada somente na imaginação dos participantes, e o surgimento da internet só possibilitou então que tudo isso não precisasse mais ser feito ao redor de uma mesa.

E os modos de fazer isso não parecem encontrar limites, por e-mail, os jogadores podem resolver os problemas da distância como esse tipo de PBEM (ou Play by E-mail) onde os turnos acontecem pela troca de mensagens, o que acaba tornando a experiência muito mais demorada, problema que acontece menos quando a opção é o Play-by- Forum, onde o ambiente de um forum permite que toda experiência seja mais abrangente e dinâmica.

Mas essas duas possibilidades, ainda que possibilitem uma ligação mais próxima entre os jogadores, tendem a ter problemas funcionais que acabaram sendo resolvidos com o surgimento dos Softwares de RPG, esses programas que permitem que cada usuário use uma sala virtual e ainda com a disposição um numero enorme de ferramentas que o programa permite, como dados, fichas e outros detalhes. Popular entre muitos usuários, já que não depende da velocidade de sites etc. pode ser encontrada em Softwares como o Fantasy Ground, o Insider, o IRPG e RRPG Firecast (esses últimos dois, nacionais).

E como nada fica estagnado na internet, os RPG Online então evoluíram dos Softwares para os chamados Play-by- Web, onde todas as ferramentas dos programas são usadas direto do navegador, sem necessidade de instalação de nada, como o brasileiro Taulukko.

As facilidades das redes sociais então permitiram que o Messenger possibilitasse o Play-by-MSN, com os turnos através das mensagens (assim como o PBEM, mas muito mais instantâneo) e até o OrBRPG, onde as comunidades do Orkut servem de espaço para os jogos.

Mas tudo isso não chega aos pés dos famosos MMORPG

O que é MMORPG

Um mundo sem fronteiras, onde cada usuário tem liberdade total para andar, lutar, ganhar experiência e evoluir seu personagem, sem barreiras como uma mesa ou um grupo de amigos.

Literalmente, um universo inteiro esperando para você. Esses são os Massively Multiplayer Online RPG (ou MMORPG)

Mais que qualquer outro modo de RPG Online, os MMORPG são essa experiência completa, onde cada jogador entra de cabeça nesse mundo virtual por meio de seu avatar (sua versão digital) em um jogo onde todas suas ações e escolhas, realmente, mudam seu futuro dentro do game.

É lógico que essa mesma liberdade acaba sendo apontada como produto de alienação, mas ainda assim, os MMORPG nem parecem perto de perder toda essa popularidade, e menos ainda diante das cifras que a cada ano acompanham esses RPGs. Surgidos em 1996, em menos de dez anos de existência extrapolou valores de mais de meio bilhão de dólares, juntando assinaturas, compras dos jogos, atualizações etc., e esse número, em pouco mais de três anos alcançou 1,4 bilhão, só no ocidente. Hoje, só o World of Warcraft, completa a marca de 10 milhões de usuários, e todo dinheiro envolvido fica quase impossível de ser calculado.

Diante da possibilidade do gasto de dinheiro para a compra de vantagens e experiências para seu avatar, a indústria do MMORPG extrapolou os custos de manutenção dos servidores, atualizações e produções de jogos, já que cada usuário ainda tem a possibilidade de vender seu personagem (ou até arma, equipamento etc.) Entretanto, mesmo esses problemas, já que sempre existirão falcatruas quando as possibilidades de enriquecer chegam à vista, muitas desenvolvedoras já começam a se preocupar com isso, seja por meio de cartões de associados, ou resumindo toda experiência a compradores do jogo físico, enfim, sempre arrumando um modo de fazer com que o usuário não perca o ponto principal, que é a diversão.

MMO RPG Online

Obviamente surgidos a partir dos RPGs em si, os MMO RPG online ainda tem um parente mais claro, já que desde o começo da internet se popularizou aquele tipo de jogo baseado em textos, o que facilitava a criação do software e permitia que, logo de cara, os usuários conseguissem expandir suas experiências de modo online. Mas foi só em 1996 com o lançamento do Meridian 59 que os MMO RPG ganharam seu primeiro representante, assim como logo o estilo foi popularizado com o surgimento do Ultima Online e do Tíbia, pouco mais de um ano depois. Os três já apresentavam as raízes do que hoje se está acostumado, os temas medievais, o mundo aberto, os avatares etc.

Porém, o sucesso ainda estava por vir, e ele aconteceu em 1999 com o lançamento de Everquest, que tomou os computadores de todo mundo e conquistou milhões de fãs em números que até hoje ainda não pararam de crescer. Pouco mais de dois anos depois, na Coréia, ainda nasceria o popular Ragnarok que concretizou, completamente, os MMO RPG como um sucesso do mundo dos jogos eletrônicos.

Hoje, mesmo com o lançamento de MMO RPGs via browser, que facilita o uso, ainda que seus gráficos acabem sendo prejudicados, a maioria dos fãs ainda opta por jogos como Priston Tale, Lineage, World of Warcraft e Grand Chase, além do próprio Ragnarok e diversos outros que acabam sendo atualizações de games, onde, por meio de simples multiplayer o jogador ainda pode experimentar o gostinho desse mundo virtual.

DBZ RPG Online

E se o assunto é viver a experiência dentro um mundo completamente novo, nada melhor que poder fazer isso junto dos seus personagens favoritos e naquele universo onde você sempre sonhou estar, é ai que entra o Dragon Ball Z Online (DBZ RPG Online).

Totalmente web based (via navegador), somente com um cadastro rápido qualquer fã de Dragon Ball já tem a possibilidade de logo estar dentro desse mundo criado por Akira Toriyama, criando seu próprio personagem e, quem sabe, enfrentando os mesmo vilões que tanto infernizaram Goku e seus amigos.

Sem precisar pagar por nada, nem para obter o jogo, nem pelo cadastro, no DBZ RPG Online, o dinheiro do usuário é só usado na hora da compra de uma ou outra ferramenta, arma ou aprimoramento de ser personagem, mas tudo com a proposta de valores módicos, já que a intenção é sempre satisfazer os fãs.

Com esse intuito, durante mais de cinco anos, o próprio Toriyama trabalhou em conjunto com os desenvolvedores do game para supervisionar os personagens e locais de todo esse novo universo que parecia se criar. Nele, passados 216 anos desde a partida de Goku, Miira consegue juntar um grupo de vilões para invadir a Terra com a ajuda do exército de Freeza, ao mesmo tempo em que tenta ir ao passado roubar o DNA do próprio Goku para conseguir super forças. É nesse meio que o jogador acaba sendo pego e jogado em um ponto desse tempo.

E para combater Miira e seus comparsas, o jogador pode ser um Humano, um Namekin ou um Majin, sendo que em cada umas dessas classes ainda tendo a possibilidade de se especializar em lutas ou em magias (e o humano ainda na criação de armas e invenções). Portanto, DBZ RPG Online é um deleite para qualquer fã e a oportunidade de lutar ao lado de seus personagens preferidos.

Naruto RPG Online

Quem também se beneficia com a popularização dos MMORPGs são os fãs do anime/manga Naruto, já que esses encontram uma série de opções para entrar no mundo criado por Masashi Kishmoto.

A diferença aqui é que, além de uma infinidade de jogos onde o personagem pode viver as aventuras no universo desse ninja homônimo à série que vai em busca de se tornar o Hokage de sua tribo, o usuário ainda tem a opção de jogos curtos por turnos, muito envolvendo os mesmos cards colecionáveis do personagem, que mantiverem o sucesso da série, como até opções de expandir todo esse universo.

Além de diversos jogos para plataformas, Naruto ainda vem ganhando vários adeptos de exemplos como o Naruto-Arena e o Naruto Game, que permite que qualquer um possa buscar o sucesso e o conhecimento para ser o ninja mais poderoso de sua tribo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook

Consulte o saldo do FGTS http://saldofgts.net.br
Tudo sobre a Nota Fiscal Paulista http://www.paulistanotafiscal.com.br/
Portal de carros no brasil http://www.carrosnobrasil.net